Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.fei.edu.br/handle/FEI/255
Title: A influência do conflito na relação entre segurança psicológica e comportamento para aprendizagem em grupo
Authors: Moraes, C. C. de
Advisor: Santos, Juliana Bonomi
Issue Date: 2015
Abstract: O trabalho em equipe mostra-se fundamental, uma vez que permite o compartilhamento de informações, opiniões e ideias que geram maiores conhecimentos do que simplesmente o aprendizado individual. Para que ocorra o aprendizado é necessário que no grupo haja confiança e respeito mútuo, que por sua vez são características de um ambiente em que há a segurança psicológica que é a crença entre os membros do grupo de que as críticas serão construtivas e não destrutivas, levando-os a se sentirem acolhidos. Neste trabalho, analisamos a relação entre segurança psicológica e o comportamento para aprendizagem e o impacto que o conflito tem sobre esta relação. Analisamos o impacto de dois tipos de conflitos, o funcional, representado pelo conflito de tarefa que é característico das discussões sobre como a tarefa deverá ser executada e o disfuncional, representado pelo conflito de relacionamento que está relacionado aos aspectos emocionais, gerado por exemplo, pela falta de empatia entre colegas. Para testar as hipóteses propostas, foi realizada uma pesquisa de abordagem quantitativa, com o método explicativo confirmatório, para analisar uma amostra com 443 questionários aplicados a estudantes universitários. A técnica estatística utilizada foi a modelagem de equações estruturais, devido às características da pesquisa. Concluiu-se que a segurança psicológica impacta positivamente no comportamento para aprendizagem de uma equipe, que o conflito de tarefa não tem efeito nesta relação e que o conflito de relacionamento medeia a relação entre a segurança psicológica e comportamento para aprendizagem. Se a segurança psicológica for alta, o conflito de relacionamento será baixo, o que elevará o nível de comportamento para aprendizagem. A contribuição teórica do trabalho se deu na proposição e teste de um modelo que analisou o papel dos conflitos como mediadores e moderadores da relação entre a segurança psicológica e o comportamento de aprendizagem. Para os professores que trabalham com grupos de alunos, que não permitem que seus alunos formem seus próprios grupos, buscando gerar maior diversidade e potencial de aprendizado, a atenção deve estar voltada para o conflito disfuncional ou de relacionamento, uma vez que surge mais facilmente em grupos em que os colegas que não se conhecem muito bem. O menor nível de segurança psicológica pode levar a um maior nível de conflito de relacionamento e assim, enfraquecer a troca de informações, compartilhamentos e a geração de novos conhecimentos.
Team work proves to be fundamental once it allows the sharing of information, opinions and ideas that generates higher level of knowledge than individual learning by itself. In order for the learning process to happen mutual trust and mutual respect is necessary among the group. Those are typical elements of an environment which psychological safety meaning the belief among the members of the group that the critics will be constructive and not destructive which leads to a warm environment. This paper will analyze the correlation between psychological safety and learning behavior as well as the impact that conflicts may cause to that correlation. Two types of conflicts were analyzed. The functional conflict and dysfunctional conflict. The functional conflict will be represented by the task conflict. The task conflict is characteristic of discussions on how to execute a determined task. The dysfunctional conflict will be represented by the relationship conflict which are the emotional aspects of the conflict, for example, the lack of empathy among peers. In order to test those hypotheses a quantitative research was made. The research utilized a confirmatory explanatory method and analyzed 443 questionnaires completed by university students. The statistics technique used was the modeling of structural equations due to the nature of the research. In conclusion the psychological safety impacted positively on the learning behavior of the team. The task conflict do not impact this relationship and the relationship conflict do not mediates the relationship between psychological safety and learning behavior. If the psychological safety is high the relationship conflict will be low which will raise the level of learning behavior. This theoretical contribution of this work rests on the proposition and test a model that analyzed the role of conflict as mediators and moderators of the relationship between psychological safety and learning behavior. For teachers who work with groups of students, who do not allow their students form their own groups, aiming to generate greater diversity and learning, it is important to pay attention on the dysfunctional conflict or relationship conflict, since it raises easier in groups in which colleagues do not know each other very well. The low level of psychological security can lead to a higher level of relationship conflict and thus weaken the exchange of information, sharing, and the generation of new knowledge
Keywords: Conflito (Psicologia)
Aprendizagem Comportamento
Publisher: Centro Universitário FEI, São Paulo
URI: https://repositorio.fei.edu.br/handle/FEI/255
Appears in Collections:Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
fulltext.pdf692.48 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.