Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.fei.edu.br/handle/FEI/263
Title: Qualidade de vida dos catadores de materiais recicláveis de cooperativas em SP: estudo de casos múltiplos
Authors: Silva, A.
Advisor: Varela, Carmen Augusta
Issue Date: 2015
Abstract: A destinação dos Resíduos Sólidos Urbanos tornou-se uma preocupação e alvo de estudos que indicam a necessidade de tratamento e de locais adequados para a sua disposição final. Nesse contexto, observa-se que a coleta seletiva e a reciclagem são ações que possibilitam a melhora da qualidade de vida da sociedade e viabiliza ajustes nos custos financeiros, por contribuir para o meio ambiente e a saúde humana e auxiliar na diminuição de resíduos que deverão ser tratados. Nesse aspecto, a ação dos catadores de materiais recicláveis, responsáveis pela coleta de uma grande quantidade de material, os tornam os principais agentes da coleta seletiva no Brasil e em vários países em desenvolvimento. Observa-se que políticas públicas que buscam promover a inclusão social dos catadores devem considerar as condições de saúde, da qualidade de vida e os riscos a que esses trabalhadores costumam estar expostos, e não somente aspectos relativos ao direito de trabalho e renda. Nota-se que as pesquisas desenvolvidas sobre os catadores costumeiramente abordam aspectos econômicos, sociais e ambientais, mas poucas abordam os possíveis problemas de saúde e qualidade de vida relacionados à função ocupacional do catador. Nesse sentido, este estudo buscou responder a seguinte pergunta de pesquisa: como o processo de organização coletivista do trabalho influencia a qualidade de vida dos catadores de materiais recicláveis em SP? Deseja-se verificar como funcionam as cooperativas e como estas influenciam a qualidade de vida dos catadores e quais as mudanças que ocorreram na vida desse indivíduo a partir do ingresso em cooperativas. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, desenvolvida por meio de estudo de casos múltiplos e de natureza interpretativa. Os dados foram coletados por meio de entrevistas, observação direta e documentos. Observou-se que a qualidade de vida é vista pelos catadores como a capacidade para trabalhar e que a doença somente é reconhecida quando esta os impede de trabalhar. Os cooperados percebem melhorias na sua qualidade de vida após ingressarem nas cooperativas expressando-as quanto aos parâmetros financeiros. Constata-se que a dinâmica das cooperativas favorece transformações sociais e econômicas, tornando-se uma alternativa viável para o desenvolvimento local. No entanto, há a necessidade de ampliação e aprofundamento de uma educação voltada ao cooperativismo, tendo em vista o perfil dos trabalhadores abordados nessa pesquisa
The disposal of urban solid waste has become a concern and the subject of studies that indicate the need for treatment and sites suitable for final disposal. In this context, it is observed that the selective collection and recycling are actions that enable the improvement of society's quality of life, enables adjustments to financial costs, for contributing to the environment and human health, and help to reduce waste to be treated. In this respect, the action of recyclable waste pickers, responsible for collecting a large amount of material, make them the main agents of selective collection in Brazil and several developing countries. It is observed that public policies that seek to promote the social inclusion of waste pickers should consider the health, quality of life and the risks to which these workers are usually exposed, not only aspects of labor law and income. It turns out that the developed research on the waste pickers routinely address economic, social and environmental aspects, but few address the potential risks to health and quality of life related to occupational function of the collector. Thus, this study sought to answer the following research question: how the collectivist organization of the work process influences the quality of life of waste pickers in SP? Want to check how they work cooperatives and how they influence the quality of life of waste pickers and what changes occurred in the life of that individual from entering into cooperatives. It is a qualitative research, developed through multiple case studies and interpretative nature. Data were collected through interviews, direct observation and documents. It was observed that the quality of life is seen by the pickers as the ability to work and the disease is recognized only when it hinders the work. The cooperative receive improvements in their quality of life after joining the cooperatives expressing them as financial parameters. It was found that the dynamics of cooperatives promotes social and economic transformations, making it feasible for local development. However, there is the need for broadening and deepening of an education to cooperativism, in view of the profile of workers covered in this research
Keywords: Indústria de reciclagem
Cooperativismo
Coletores de materiais recicláveis
Resíduos sólidos
Qualidade de vida
Vulnerabilidade socioambiental
Publisher: Centro Universitário FEI, São Paulo
URI: https://repositorio.fei.edu.br/handle/FEI/263
Appears in Collections:Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
fulltext.pdf1.2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.