Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.fei.edu.br/handle/FEI/3119
Title: A síndrome de Burnout na perspectiva da gestão: um estudo qualitativo na área da saúde
Authors: Pellegatti, Leonardo
Advisor: Jaime, Pedro
Issue Date: 2020
Abstract: As organizações de saúde são caracterizadas por um conjunto de processos realizados por profissionais especializados, dentre os quais os médicos e a enfermagem desempenham funções técnicas diretamente junto aos pacientes. Esses profissionais são submetidos a fatores estressores em uma escala superior se comparados a profissionais de outras áreas. As consequências dessa complexa relação podem estar associadas a transtornos mentais que esses indivíduos desenvolvem. A Síndrome de Burnout (SB), apesar de seu difícil diagnóstico, vem se tornando cada vez mais frequente entre profissionais que possuem uma relação direta com pessoas ou que possuem uma grande responsabilidade. Nesse sentido, estudar a SB sob a perspectiva da gestão no Brasil foi o objetivo desta dissertação, uma vez que se observa uma escassez de estudos sobre o tema no campo da administração em nosso país. Levando-se essa lacuna em consideração, o problema de pesquisa para este trabalho foi definido a partir das seguintes perguntas de investigação: a) Como os gestores das organizações do setor de saúde vivenciam a experiência de ter profissionais com SB nas suas equipes de trabalho?; b) Que ações gerenciais porventura resultam dessa experiência? Para responder a essas perguntas, foi realizada uma investigação exploratória, de natureza qualitativa, através da lente teórica das clínicas de trabalho e, mais especificamente, da psicossociologia ou sociologia clínica. Conclui-se, por meio deste estudo, que o comportamento pessoal de cada gestor contribui diretamente para amenizar o quadro uma vez apontado o diagnóstico de SB em algum membro de sua equipe, sendo que o contrário também é uma possibilidade. As ações gerenciais igualmente apresentaram características mais individuais do que institucionais. Como resultado direto, verifica-se que o estudo traz à luz um importante tema, que possui consequências diretas para os indivíduos, suas famílias e a sociedade. A correta compreensão e o desenvolvimento de medidas preventivas podem ajudar na formação, na proteção e na atuação dos profissionais médicos e de enfermagem desde a sua formação
Health organizations are characterized by a set of processes carried out by several specialized professionals, among which, doctors and nurses perform technical functions directly to patients. These professionals are subjected to stressors on a higher scale compared to professionals from other areas. The consequences of this complex relationship can be associated with mental disorders that these individuals develop. Despite its difficult diagnosis, Burnout Syndrome (BS) has become increasingly frequent among professionals who have a direct relationship with each other or who have a great social responsibility, in this sense, studying BS from the perspective of management in Brazil was the objective of this dissertation, since we observed a scarcity of studies on the subject in the field of administration in our country.Taking this gap into account, the research problem for this work was defined based on the following research questions: a) How do managers from health sector organizations experience the experience of having professionals with BS in their workteams? b) What anagerial actions may result from this experience? To answer thesequestions, an exploratory, qualitative investigation was carried out through the theoretical lens of work clinics and more specifically psychosociology or clinical sociology. It is concluded through this study that the personal behavior of each manager directly contributes to mitigate the situation, once the diagnosis of BS was pointed out in some member of his team, and the opposite is also a possibility. Managerial actions also had more individual than institutional characteristics. As a direct result, it appears that the study brings to light an important topic and that it has direct consequences for individuals, their families and society. The correct understanding and the development of preventive measures, can help in the training, protection and performance of medical and nursing professionals since their formation
Keywords: Burnout (Psicologia)
Publisher: Centro Universitário FEI, São Paulo
Citation: PELLEGATTI, Leonardo. <b> A síndrome de Burnout na perspectiva da gestão: </b> um estudo qualitativo na área da saúde. 2020. 78 f. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Centro Universitário FEI, São Paulo, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.31414/ADM.2020.D.131143.
DOI: https://doi.org/10.31414/ADM.2020.D.131143
URI: https://repositorio.fei.edu.br/handle/FEI/3119
Appears in Collections:Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
fulltext.pdf932.6 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.