Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.fei.edu.br/handle/FEI/390
Title: Adoção de modelos de gestão para a sustentabilidade em empresas operando no Brasil:uma investigação das causas de suas contradições e dificuldades
Authors: Colalillo, E. G. P.
Advisor: Mendonça, Patricia Maria Emerenciano
Issue Date: 2010
Abstract: A sustentabilidade tem assumido uma significativa importância no ambiente empresarial brasileiro, principalmente devido ao contexto socioambiental no qual estamos inseridos. As empresas estão tendo que adotar medidas que respeitem de forma equilibrada o tripé da sustentabilidade, considerando aspectos econômicos, sociais e ambientais. Neste estudo apresentamos o contexto histórico da formação do conceito de desenvolvimento sustentável, fazemos também um breve mapeamento das principais Instituições de apoio a gestão da sustentabilidade. O objetivo deste trabalho é estudar os fatores que geram contradições, ambiguidades e as dificuldades nas empresas que adotam a sustentabilidade em sua gestão. Para fundamentar este trabalho, utilizamos a Teoria Institucional, onde buscamos procuramos entender aspectos como legitimidade, campo organizacional, processos isomórficos. A metodologia aplicada neste estudo segue uma abordagem qualitativa, onde fizemos uma pesquisa bibliográfica, uma pesquisa documental seguido de nossa pesquisa de campo onde utilizamos um roteiro de entrevistas semi estruturadas para a coleta de dados junto às empresas pesquisadas. Para a nossa análise de dados criamos categorias para avaliarmos o Grau de Adoção e o Grau de internalização da Sustentabilidade nas organizações. Nas nossas considerações finais apresentamos o resultado de nossas análises, onde destacamos a importância da educação para a sustentabilidade e apontamos os fatos que consideramos como indutores das dificuldades e ambiguidades nas organizações que inserem a Sustentabilidade a sua gestão
The Sustainability has assumed significant importance in the Brazilian business environment, mainly due to socio-environmental context in which we operate. Companies have started to adopt measures to respect the triple bottom line of sustainability, equilibrating economic, social and environmental aspects. This study presents the historical context of the formation of the concept of sustainable development, we also do a brief mapping of key institutions to support the management of sustainability. The objective of this work is to study the factors that generate contradictions, ambiguities and difficulties in companies that embrace sustainability in their management. To support this work, we use the Institutional Theory, where we seek to try to understand aspects such as legitimacy, organizational field, isomorphic processes. The methodology applied in this study follows a qualitative approach, where we did a literature review, documents survey followed by our field research where we use a script for interviews structured to gather data from the companies surveyed. From our data analysis we create categories to assess the degree of adoption and the degree of internalisation of sustainability in organizations. In our concluding remarks present the results of our analysis, where we emphasize the importance of ducation for sustainability and point out the facts that we consider as inducers of the difficulties and ambiguities in organizations that fall Sustainability management
Keywords: Desenvolvimento sustentável
Administração ambiental
Publisher: Centro Universitário Fei, São Paulo
URI: https://repositorio.fei.edu.br/handle/FEI/390
Appears in Collections:Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
fulltext.pdf525.15 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.