Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.fei.edu.br/handle/FEI/629
Title: Estudo comparativo da metodologia de tempos pré-determinados MTM-UAS e Basic-MOST:aplicação prática
Authors: Souza Junior, Aldemario Gomes de
Advisor: Leonardi, Fabrizio
Issue Date: 2010
Abstract: O processo de planejamento da produção pode ser mais efetivo com o uso do sistema de tempos pré-determinados como ferramenta para se definir o tempo padrão das atividades. Este trabalho dá uma contribuição no processo de tomada de decisão para a escolha do sistema de tempos pré-determinados mais adequado. Os sistemas MTM-UAS e Basic-MOST são comparados, a partir de um estudo de caso aplicado a um grupo de atividades, realizadas por uma equipe, numa empresa do setor automobilístico. São apresentados os principais conceitos das metodologias MTM e MOST, bem como o processo para construção dos dados para o cálculo do tempo padrão das atividades. Com o tempo das atividades calculado, com base nas duas metodologias, determinou-se a quantidade de operadores necessária, a partir do balanceamento da linha, para um mesmo tempo takt e com a mesma sequência de operações. Os resultados indicaram que o MTM-UAS apresenta uma maior taxa de ocupação mpedia dos postos de trabalho. A partir dos resultados otidos, percebe-se que o nível de detalhamento do sistema e o tempo takt são fatotres que devem ser ponderados no rpocesso de escolha do sistema de tempos pré-determinados. Conclui-se também que o uso de um sistema mais detalhado só é relevante se o tempo takt for pequeno, por causa do compromisso entre o esforço na aplicação de uma metodologia de tempos pré-determinados e os benefícios obtidos.
The production planning process can be more effective with the use of the predermined times system as a tool to determine the activities standard times. This work gives a contribution in the process of decision making for choosing the more suitable predetermined times system. The MTM-UAS and Basic-MOST systems are compared based on a case study applied to a group of activities carried out by a team in a company in the automotive sector. We present the main concepts of the MTM and MOST methodologies as well as the technique for getting the data for the calculation of the activities standard times. With the activities time already calculated from two methodologies we determined the number of operators required from the line balance considering the same takt time and the same operations sequence. The result indicates that the MTM-UAS presented a bigger average occupancy rate of jobs. From the results obtained in the case, it is observed that the level of detail of the system and takt time both are factors to weighed in the process of the choice predetermined time system. It also appears that the use of a more detailed system is only reasonable if the takt time is ismall enouch because of the compromise between the effort to apply a methodologyand the benefits obtained.
Keywords: Tempo-Medição
Engenharia mecânica
Indústria automobilística
Publisher: Centro Universitário da FEI, São Bernardo do Campo
URI: https://repositorio.fei.edu.br/handle/FEI/629
Appears in Collections:Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
fulltext.pdf1.84 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.